Páginas

domingo, 7 de setembro de 2008

Eu gosto de professores que deem aula com amor e que trasmitam isso.
Uma professora nova de literatura minha estava no meio da aula falando de um texto do machado que se chama a "igreja do diabo". O texto me fez pensar. Gostei da professora.


Nesse dia, me perguntaram o que eu penso que era Deus?
Essa pergunta foi respondida com um: Se eu disser, vocês não irão aceitar a resposta.
E persistiram: O que você pensa que é Deus? Quem é Deus pra você?
E eu finalmente respondi: Amor.
Fiquei pensando nisso e hoje eu parei pra responder mentalmente o que é Deus pra mim.
Deus é aquela sensação de querer fazer bem as pessoas. De se contentar em ver o sorriso de quem se ama, de graça. De fazer feliz quem está triste, de chorar de emoção, de dar um abraço de graça em alguém. De fazer amigos novos. De se encantar com algo mágico, de ter férias contentes, de fazer alguém feliz, de se emocionar com pequenas coisas da vida, de ver o lado bom das coisas, de se sentir em paz, de ter a sensação de que as coisas estão indo bem, de ter uma saúde boa, de se sentir completa, de poder ter impulso, atitude, coragem e força para enfrentar os 365 0u 366 dias de um ano e no final contar regressivamente para ter mais um ano pela frente. É acreditar em alguma coisa e ela finalmente se realizar, é chorar por alguém que toque no seu coração, é sentir saudades de uma época da sua vida, de sentir saudade da sua infância, de ser puro, de achar que você não está sozinho(a) neste mundo, que há alguém que irá te confortar. Saber que há sempre alguém que está te olhando e que quer o seu bem, que quer te ver feliz acima de tudo e de todos, que faz qualquer coisa para você ser feliz intensamente. De cantar e ouvir música no último volume e se sentir contente com isso. De relaxar quando se está viajando, de não se estressar com pequenos problemas, de ouvir as pessoas, de dar conselhos bons, de não jogar o lixo no chão, de saber viver em comunidade. Enfim, eu sou uma pessoa má, sim, sou má. Mas ao mesmo tempo, eu sei reconhecer bondades. Vou pra igreja pra restaurar amor dentro de mim,
parece que lá eu me sinto muito amada, as pessoas ficam contentes de me verem lá, não me excluem e não fazem cara feia pra mim. Mas não posso ser tão boazinha assim, esse mundo que vivemos é mau, possso me machucar. Tenho apenas que abastecer o que tem de bom dentro de mim para poder mudar o mundo aos poucos nas horas certas. ;)

Obrigada pela PIBSG.
Eu me sinto melhor agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário