Páginas

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."

Ok. Desisto, Clarice. Você realmente me assusta. Você fala por mim mais do que qualquer Martha Medeiros ou qualquer música de rock.
Clarice é para poucos. RÁ!

Vou sozinha pra exposição. Acho que vai ser melhor. Eu vou ficar tão emocionada lá. Prefiro chorar sozinha. Pessoas irão se assustar comigo quando me verem chorando de emoção ao ver as coisas da Clarice. Foi assim quando eu li A paixão segundo G.H.
Lia umas dez páginas NO MÁXIMO por dia. Eu me assustava com a quantidade de palavras arranjadas de forma singular que se encaixava perfeitamente em como eu me sinto em relação as coisas da vida.

Até a próxima.
[Ouvindo: Insatisfeito _Cachorro Grande (musica do momento! ¬¬)]

Nenhum comentário:

Postar um comentário