Páginas

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Pronto.
Começou com uma pontada no coração muito forte. Depois veio uma melancolia de leve, aí pra piorar a revolta de ninguém querer mudar nada em suas vidas merdas. Agravou com o fato de que muita gente está pouco se lixando pras responsabilidades. Afundando com a saudade que ela sente de tudo, de coisas boas. Ficou feio com o fato de que ela caiu 2 vezes na ed.física que ela ficou apenas 10 minutos jogando e que ainda levou uma bolada na cara e o resultado foi um machucado GIGANTE no joelho com direito a pus e tudo. Ao mesmo tempo, tinha um machucado no dedão do pé. Agora são o bumbum, o dedão do pé e mais o joelho.
Agora tenta mudar tudo, mas acorda de mau humor e ainda cai de bunda de novo no meio da rua, pessoas zombam da cara dela. A semana que vem ainda tem mais provas complicadas, tentando mudar, estuda antes, bem antes. As pontadas continuam e no mesmo dia do tombo, a língua é queimada por causa de uma vontade súbita e estúpida de beber capuccino BEM quente.

Eh, depois dizem que azar não existe.
Protesto!
Sim, se eu reflito como estou pela minha forma de vestir, então eu escolho o preto.

Eu quis cantar
Minha canção iluminada de sol
Soltei os panos
Sobre os mastros no ar
Soltei os tigres
E leões nos quintais
Mas as pessoas da sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário