Páginas

domingo, 21 de junho de 2009

Post desabafo:

É eu sei..eu quis negar essa sensação de diminuição. Tentar tirá-la de dentro mim, lutar contra ela. Mas ela foi mais forte. Forte? Eu tentei ser forte ao menos? Não.
Simplesmente me igualei a muita gente que abaixa a cabeça a toa. Não cobrei de mim. Não me esforcei. Mas fui cobrada. E muito. Tentei resgatar o pingo de confiança que existia dentro de mim. Mas a dor no peito já dizia que não ia dar certo.
Eu tentei ignorá-la. Tentei.
Agora só o pranto pra me confortar. Só as lágrimas irão responder o que eu sinto.
É o que eu digo e sempre procuro repetir, eu não funciono sobre pressão. Nesse caso, foi uma pressão que quis me dar um gás, uma animação. Mas não dá..não me deu gás nenhum e só me irritou.
Quer saber?
Ela me irritou, mas agora serei eu a irritá-la. Afinal, a frase que eu leio toda vez que abro o meu armário é a seguinte:
"Cada tentativa infrutífera de se alcançar o sucesso é na verdade uma oportunidade pra recomeçar tudo outra vez: só que com mais inteligência."

É isso.
[Tirando isso...eu me encontro muito apaixonada.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário