Páginas

domingo, 26 de julho de 2009

"Acho que é mais do que mágica isso, é uma mistura de muita sorte, com a vontade de jesus querer ver um sorriso no meu rosto, querer que eu prove mais do que nunca que sonhos são para serem realizados."

Eu escrevi isso quando eu falei sobre o show da Madonna..ele surgiu numa época triste da minha vida. Bem, "não há luz se não houvesse trevas", não é mesmo?
A Madonna foi uma luz mesmo...me trouxe muitas luzes: um show perfeito, pessoas maravilhosas e me aproximou de alguém que hoje é muito importante pra mim.
Foi lá que eu fui reparando em quem estava do meu lado que poderia ser simplesmente um amigo. Um grande amigo em potencial.
Essa pessoa foi se aproximando, foi sendo construída uma boa imagem dela aqui dentro da minha mente. O tempo passou e eu não pude evitar..me apaixonei.
Sim, amigos se apaixonam...mas alguns se encaixam perfeitamente. É incrível como muitas coisas se enquadram, não se completam..se entendem. O que é melhor.
E cá estou eu, completamente doida. Feliz, sem ter nenhuma inspiração pra escrever.
Dizem que quando estamos tristes é que vem inspiração...eu não quero essa inspiração pra mim mesmo.
O que eu quero são textos bobos, idiotas, apaixonantes, previsíveis, sorridentes e clichês. Eu quando gosto de alguém é de verdade, sempre falei isso. Pois é..e agora não é diferente. Agora eu vejo que fases ruins são necessárias: são tombos que tomamos, mas que no futuro farão muita diferença. Nos tornamos fortes e experientes. Agradeço a Deus por tudo. Até pelas minhas fases ruins. Se não fosse por causa delas, o que seria das fases boas?

No momento, eu quero somente é que as pessoas que não estão se sentindo bem que retirem dessa fase o que ela tem de melhor: a lição que ela tem pra lhes dar. Toda fase tem uma lição ou umas lições. Guardei todas elas na minha memória e uso e abuso delas. Eu ainda não acredito que tudo isso está acontecendo, mas prefiro não acreditar que tudo isso está acontecendo...o nome disso é encanto.

Até a próxima.
o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário