Páginas

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Começou com síntese, com problemas que me atormentavam durante muito tempo.
Ficou uma imensa bola de neve.
Piorou com os problemas com os pais.
Eles dizem que a menina está mudada, não tem como não mudar diante de todas essas situações que ela está tendo que enfrentar.
A menina chora, chora muito
Tem um ombro mais que amigo que só quer o melhor pra ela.
esse ombro a ajuda
Mas não é suficiente pra fazer todas essas pessoas que fazem mal a menina ficarem quietas
Só ela pode resolver isso
Ela conta com esse ombro pra relaxar e tentar se manter mais forte
ELa não consegue suportar tanta pressão vinda de apenas 2 pessoas
Começa a ter problemas no organismo
Ele fica fraco
E ela, que sempre foi sensível, acaba piorando
Não consegue mais cumprir tantas tarefas
Nem tem a mesma resistencia de antes
Está fatigada, cansada de tudo isso
Resolve explodir
E não dá certo
Conta agora com mais ombros companheiros
Mas como disse, esse é um problema que só ela pode resolver
A menina chora ainda mais
O organismo já fraco, fica pior
Ela tenta ficar feliz, mas as pessoas não a querem assim
Desconfiam de sua felicidade
E a destroem
A menina ainda tem sonhos e otimismo dentro dela
Mas estão ofuscados


E ela só quer amar e ser feliz.
Parece agora pra menina ser o maior desafio da vida dela
Mesmo já tendo um amor e a felicidade
Mas não podendo usufruir disso.
Por conta não dela, mas de apenas 2 pessoas.

Até a próxima

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Síntese: procura, procura, procura, procura...e mais procura..
se cansa de tanto procurar...aí vai e procura, procura, procura, procura..
se cansa e de novo..se estressa...procura, procura, procura.
Aí tem que resumir tudo o que procurou.
:S

Bem vinda a síntese organica.
;)

Até a próxima.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

https://twitter.com/Dai_kruczynski

tá..
isso é q eu chamo de tédio.

Feliz dia das crianças a todos.
Meu mundo caiu: Acordei de mau-humor..
e ainda me lancei no twitter.

¬¬

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Eu vou me manter calma. Vai dar tudo certo. Eu vou conseguir organizar meu tempo. As pessoas vão entender o quanto eu me preocupo com elas. As pessoas verão o quanto eu me desgasto por causa de erros delas. As pessoas crescerão. As pessoas verão o quanto eu quero ve-las crescendo também. Eles não irão me esquecer. Não me verão como chata.

Porque as vezes tudo o que eu preciso é ouvir/ler umas palavras de otimismo.

Até a próxima.