Páginas

domingo, 21 de março de 2010

Patch Adams

Ok, eu poderia postar sobre a minha amigdalite. Me xingar por ter desisto de fazer certas coisas nessa semana e ter me arrependido depois, mas quer saber? Nao era pra ser, sabe... e sobre a amigdalite, ela vai passar. Na verdade, já está passando.

Hoje eu quero rir. Bastante. Ser bem idiota. Bastante.
Aprendi que faz bem pra pele, pro sono, pra vida social, pros amigos e pro mundo. :)
Partiu rir e fazer alguém rir tb?



HEHEHE..piadinha nerd. tá..achei tao engraçada que tive que postar. ;)


Até a próxima.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Meu infinito particular

Pra mim, dei esse nome ao blog pq ele tem muito a ver comigo. Um poço de mim mesma. Um poço infinito. Cheio de coisas que eu mesma vou me descobrindo a cada segundo. No momento, eu to meio off ainda. Ainda pq to off há bastante tempo. Na verdade, eu to tentando voltar, mas estou observando muita coisa, colocando pingos nos is. Acho melhor, mais organizado.
Quando a gente fica numa bagunça generalizada, que vc se cansa de vc, é hora de mudar.
To fazendo isso. Aos poucos, as grandes mudanças irao se firmar. Assim como tudo que vem pra ficar de verdade, vem aos poucos..

Well, eu to numa confusão..tentando me ajeitar a cada dia...
Sobre os blogs, eu cheguei numa hora em que havia 3 opções de blog, resolvi continuar com este, por ele ser mais antigo e mais...mais...a ver comigo.

Ok, eu to meio aleatória, mas que se dane. To deixando um novo passáro chamado mudança voar e sair de dentro de mim.
E lendo divã da Martha, que tá me ajudando muito nesse processo. (L)

Entao é isso..existem coisas na vida que nao acabam. O meu blog é uma dessas coisas. Existem coisas que sao infinitas. O infinito nunca termina. Nao pode nunca! É da propria natureza dele.
O meu blog pode, na medida do possivel, seguir isso. Ele é meu infinito particular...
como diria Marisa Monte: o melhor e o pior de mim.

"Só nao se percaaa ao entrar, no meu infinito particular. Em alguns instantes sou pequenina e também gigante." ( Marisa Monte)


É. Eu estou de volta. ;)

Até a próxima.
Continuando e indo para o daizatedespreza.blogspot.com
(Um blog que me deu uma empolgaçao enorme de escrever, nao sei pq)

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010
O meu amor
Procurava alguem para amar. Só era desprezada. Os meninos não eram fortes o suficiente. Sentia-se mal. Triste. Passou a não se lamentar mais da vida, queria agora é ser mais forte e amar de verdade. Disse que só entregaria o seu coração a quem gostasse dela de verdade. Mas o que é verdade? Bem, é relativa. Mas para ela, não. A verdade é alguem que a olhasse no fundo dos olhos dela e dissesse que a amava muito e todos os dias. Alguem que a visse como a mais bonita. Que se orgulhasse dela e faria de tudo para lutar por ela. É, a menina quis algo difícil. Se tornou uma menina difícil. Mas sabe o que é melhor? É que ela acreditava que nada é impossível, pode ser difícil, mas não impossível.
Na verdade, a menina deixou de procurar e foi aproveitar. E agora ela aproveita mais do que nunca. Só que com o príncipe do lado dela. :)


........


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010
Cinemas.
Well, vamos falar de filmes...
Alguns tem me chamado bastante a atenção. O primeiro que posso dizer, é um filme de terror. Estranho é me ver falando de filmes de terror, porque eu não gosto da maior parte deles. Ok, este não chega a ser terror-terror. É um suspense-terror. Got it?
O título não é um dos melhores...mas..não julguem um filme de terror, gente. cof cof
Na verdade, não julguem este filme de terror. Ele é bom. Não dei a mínima pra ele no início. Dormi quando vi pela primeira vez. Tá, eu tava com sono e era mais de meia noite, então dá pra entender porque eu dormi. Mas bem, o filme é bom mesmo. A graça dele é você tentar desvendá-lo aos poucos. Tentar pegar as pistas que ele te "dá".
Duvido você adivinhar o final. RÁ!

Os outros filmes não posso falar ainda porque não os vi. Mas me chamam muita atenção:

1) A preciosa.

Gente, o trailer é muito lindo. Dá vontade de dar um oscar pelo trailer. Mas que não seja que nem o trailer de "O som do coração". O trailer é lindo e o filme é sessão da tarde. É bonitinho e só.

2) An education

Acabei de assistir o trailer e wow. Gostei. A principal é madura e fica falando um monte de frases marcantes. E tem romance. Gosto disso. Com o tempo verão que eu sou um pouco parecida com ela.

3) Guerra ao terror.

Quero descobrir porque isso pode tirar o oscar de tantos filmes bons

4) O imaginário de Dr.Parnassus.

É lindo. É colorido. É feliz. Tem Johnny Depp. Ponto

6) Alice in wonderland

Sim, eu quero ver. É dirigido pelo Tim Burton e tem Johnny Depp.


Ah..e a lista vai aumentando do jeito que o cinema tem lançando um monte de filmes.
Aiai..cinéfilos. :)

Até a próxima.


............


OK. cabô.
Vou aqui copiar e colar textos de uma epoca que eu nao irei apagar..Uma epoca de apenas 2 meses, 2 meses de desespero..acabaram! Mas é importante saber o que se passou:

(Postando apenas os melhores textos) _ retirado de daizatedespreza.blogspot.com e de cafe-com-biscoito.blogspot.com => esses blogs, dentro de alguns dias, nao irao mais existir:

-> começando com cafe-com-biscoito.blogspot.com:

Nao tudo. Quase tudo. Tudo o que tinha a ver com o meu email principal. Na lista, vem blogs, trabalhos, twitter, orkut e toda uma vida. Chorei. Mas esse ano está tirando muita coisa de gente que nao deveria perder nada. Seria apenas por acaso? Ou seria realmente para mostrar alguma coisa no final? Anyway, eu vou encarar. Re-começar toda a trabalheira de um ano novamente.

C'est la vie.

Até a próxima.




....



E tudo o que ela mais queria era um abraço. Não era um abraço. Era aquele abraço.
O que ela procurava por telefone. O que ela queria desde muito tempo. Tempo que ela tinha parado até de contar. Ela sentia muitas saudades. Mas se sentiu confortada depois do abraço. Depois que sentiu que os sentimentos não mudaram. Ela sim, mas os sentimentos por ele não.

Se sentiu aliviada. Isso é que eu chamo de amizade.

C'est la vie.

Até a próxima.


..........

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010
Quem namora
Arthur da Tavola

Quem namora agrada a Deus.
Namorar é a forma bonita de viver um amor.
Não namora quem cobra nem quem desconfia.
Namora, quem lê nos olhos e sente no
coração as vontades saborosas do outro.

Namora, quem se embeleza em estado de amor.
Namora, quem suspira, quem não sabe
esperar mas espera, quem se sacode de taquicardia e timidez diante da paixão.
Namora, quem ri por bobagem,
quem sente frios e calores nas horas
menos recomendáveis.

Não namora quem ofende,
quem transforma a relação num inferno,
ainda que por amor.
Amor às vezes entorta, sabia?
E quando acontece, o feito pra bom faz-se ruim.
Não namora quem só fala em si e deseja
o parceiro apenas para a glória do próprio eu.

Não namora quem busca a compreensão
para a sua parte ruim.
O invejoso não namora. Tampouco o violento!
Namorados que se prezam têm a sua música.
E não temem se derreter quando ela toca.
Ou, se o namoro acabou, nunca
mais dela se esquecem.

Namorados que se prezam gostam de beijo,
suspiro, morderem o mesmo pastel, dividir
a empada, beber no mesmo copo.
Apreciam ternurinhas que matam
de vergonha fora do namoro
ou lhes parecem ridículas nos outros.

Por falar em beijo, só namora quem
beija de mil maneiras e sabe cada pedaço
e gostinho da boca amada.
Beijo de roçar, beijo fundo, inteirão,
os molhados, os de língua, beijo na testa,
no seio, na penugem,
beijo livre como o pensamento,
beijo na hora certa e no lugar desejado.
Sem medo nem preconceito.
Beijo na face, na nuca e aquele especial atrás
da orelha, no lugar que só ele ou ela conhece.

Namora, quem começa a ver
muito mais no mesmo que sempre viu
e jamais reparou.
Flores, árvores, a santidade, o perdão,
Deus tudo fica mais fácil para quem
de verdade sabe o que é namorar.
Por isso só namora
quem se descobre dono de um lindo amor.
Só namora quem não precisa explicar,
quem já começa a falar pelo fim,
quem consegue manifestar com
clareza e facilidade tudo o que
fora do namoro é complicado.

Namora, quem diz:
"Precisamos muito conversar";
e quem é capaz de perder tempo,
muito tempo,com a mais útil das
inutilidades e pensar no ser amado,
degustar cada momento vivido
e recordar palavras, fotos e carícias
com uma vontade doida de estourar o tempo
e embebedar-se de flores astrais.

Namora, quem fala da infância
e da fazenda das férias,
quem aguarda com aflição o telefone tocar
e dá um salto para atendê-lo
antes mesmo do primeiro "trim".
Namora, quem namora, quem à toa chora,
quem rememora,
quem comemora datas que o outro esqueceu.
Namora, quem é bom, quem gosta da vida,
de nuvem, de rio gelado e parque de diversões.

Namora, quem sonha, quem teima,
quem vive morrendo de amor
e quem morre vivendo de amar.



Amo este ultimo texto.
Ok..
até a próxima. ;)