Páginas

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Nothingman

Seu incêndio precisava começar. Sua grande ascensão. Se cansou de ficar enclausurada. Resolveu conhecer a rua. Uma rua escura no inicio. Sabe que sua missão é maior do que ela. Maior do que pode pensar. É algo que nem ela, nem os que a acompanham podriam entender.
Sentiu-se só. Queria ficar só. Resolveu chorar. Durante alguns anos. Decidiu que era mais fácil se trancar, mas não podia. A sua hora ia chegar, a qualquer momento. Abriu seu armário. Resolveu fazer as malas e seguir seu destino.
Ao sair, olhou algumas fotos. A nostalgia bateu forte. Por mais que quisesse ser forte naquele momento e não chorar. Acabou chorando. Lembrou-se de todos os anos em que esteve trancada no quarto falando mal de tudo e de todos. Os seus dias em que tentou se rebelar. Os dias em que disse que ia sair de casa. Mas não um dia como este.
Este dia, em algum momento ia chegar. Abriu a porta. Saiu com o pé direito. Respirou fundo. E foi atrás de sua missão: a de mudar o mundo.

Ela acredita em heróis, pois eles estão dentro dela.

Até a próxima.

Ao som de: Pearl Jam - Nothingman

Nenhum comentário:

Postar um comentário